Schweppes com melancia e limão

tónica

Isto é deliciosamente refrescante! Adaptado da Marmita, juntei apenas melancia, sumo de limão, açúcar e água tónica! Perfeito para um final de tarde quente, com os amigos ou mesmo para motivar o estudo 😉

 

Anúncios

Gelados, gelados, gelados!!!

Imagem

Parece que o verão não quer chegar a Portugal, mas aqui faz-se sentir em todo o seu esplendor! Calor, calor, calor. E muitos, muitos quilómetros que nos separam da praia mais próxima… Não que tenha muito que reclamar, pois na última semana de Maio pude mergulhar nas águas límpidas do Mediterrâneo!!!! Claro, este calor só pede geladinhos, e a vontade de experimentar novos sabores é muita!

Nem só de pão vive o Homem II

Imagem

Acordar cedo foi algo que nunca me custou particularmente. Sou uma “pessoa do dia”, gosto de viver debaixo da luz do Sol e não da Lua! Esta era uma exposição que queria ver há algum tempo, mas o tamanho da fila para entrar resultaram sempre em rodar os calcanhares, meia volta e o desejo de voltar noutro dia. Diz quem sabe que só havia uma hipótese: chegar à hora da exposição abrir, de preferência durante a semana… Durante a semana não seria fácil, pois até terminarem os moldes de latex dos senhores fósseis, são como uns bebés, requerem atenção “24h por dia”. Pronto, estou a exagerar, mas temos que estar sempre de olho neles, a ver quando se pode dar outra camada. Pronto pronto, prometo que não falo mais em linguagem geológica!

 

Imagem

O edifício da CaixaForum Madrid não deixa ninguém indiferente, em particular a parede totalmente coberta de vegetação! Honestamente, nunca aqui tinha entrado, embora vontade não faltasse. São as 10h de uma manhã solarenga de sábado… Hurry up, já deve haver fila! Pior, vem um grupo de Escuteiros a aproximar-se rapidamente na direcção do edifício… Uff, pelo menos não há fila para entrar… Cheguei 1º que os Escuteiros!!! Ahhhh mas eles já têm bilhete e eu nãooo!! Resultado: eu e meia dúzia de Escuteirinhos no elevador!!!!!!! Nestes momentos vem sempre aquele sentimento chato, as saudades, sabem… Saudades dos meus Escuteirinhos, da minha farda, do meu lenço, e dos mais pequenos, que são sempre capazes de nos arrancar um sorriso!

Aviso à navegação: totalmente proibido tirar fotografias dentro da exposição, daí a monotonia figurativa que se segue!Imagem

A exposição em si … desiludiu. Honestamente. 90% resume-se a esboços das personagens, e é curioso ver que, partindo da mesma ideia em respeito a uma personagem, cada ilustrador consegue dar-lhe uma “vida” e aspecto tão diferentes! A exposição tinha um sector dedicado a cada um dos seguintes filmes: Toy Story 3, Vida de Insecto, Nemo, Monstros & Companhia, Carros 2, Os incríveis, Wall.e, Ratatouille, Up! Altamente, e algumas curtas metragens da fase inicial da Pixar que, honestamente, não conhecia nenhuma! Uma delas, Red’s Dream (1987), estava em exibição, e claro que não perdi pitada… mais o grupo de Escuteiros, uns nos bancos, outros “espalhados” pelo chão!!!

Imagem

A vista também é incrível, e apesar do reflexo do vidro, conseguem ver que em frente situa-se o Jardim Botânico e, por trás deste, o Jardim do Retiro!

Imagem

Tentativa fracassada de fotografia, com o sr. Sol a não dar tréguas!

ImagemAinda estão a tempo de visitar a exposição em Madrid, Saragoça e Barcelona! Infelizmente não estará presente em Portugal… Saibam tudo aqui!

 

Cheesecake de Mirtilos

Imagem

Tenho que admitir: a tarde de sexta-feira não foi produtiva… Com o computador à frente, os cistóides foram substituídos por uma navegação aos meus blogues de comida preferidos, com a cabeça a fervilhar de pensamentos sobre qual seria a sobremesa do fim-de-semana. Já tinha um eleito, mas a verdade é que não me apetecia fazer gelado de novo… Algo fresco, sim, claro, que aqui já é mais do que verão – mas gelado não. Além disso no dia anterior tinha comprado mirtilos, e queria utilizá-los. Lembrei-me então de cheesecake, e a decisão ficou tomada!  Além disso tinha vontade de experimentar novos “formatos”, uma vez que parece estar na moda as doses individuais em copinhos.

Imagem

Não segui nenhuma receita, arrisquei inventar e ver como se comportaria o adoçante em pó em vez de açúcar. Por isso não vos sei dizer quantas gramas usei de cada ingrediente, pois foi tudo “a olho”:

– 2 embalagens de queijo creme (tipo Philadelfia) light

– ~3/4 de chávena de adoçante em pó (claro que pode substituir por açúcar!)

– ~ 8 bolachas (eu usei umas caseiras que tinha aqui, de limão)

– ~50g manteiga

– Sumo de 1/2 limão (opcional)*

– 200g de mirtilos (ou morangos, ou framboesas, ou amoras)

– 3 folhas de gelatina ou 2 folhas + 1 saqueta de gelatina em pó com sabor de mirtilo ou frutos silvestres (opcional)**

 

Preparação:

Comece por colocar duas folhas de gelatina de molho e por “esmagar” as bolachas, enquanto a manteiga amolece ligeiramente no microondas (se for como eu e se esquecer dela no microondas até estar completamente líquida, não tem problema, ela volta a solidificar); juntar o sumo de limão* à manteiga, as bolachas e misturar tudo muito bem. Cobrir uniformemente o fundo de uma forma com aro removível ou pequenas taças ou copos. No caso de ter derretido totalmente a manteiga, leve a refrigerar enquanto prepara o queijo. Numa taça grande deite as duas embalagens de queijo e o adoçante, e misture com a batedeira, como se fosse chantily, durante uns dois minutos. Numa pequena taça, coloque as duas folhas de gelatina, escorridas, e duas colheres de sopa de leite; leve ao microondas durante 5 segundos na potência máxima, e misture no preparado anterior. Deite na forma ou taças com a base previa de bolachas, e deixe refrescar até solidificar. Pode alternar com uma camada de mirtilos entre o preparado de cheesecake, fica delicioso! O ideal é preparar na véspera de servir!

Quando a mistura estiver totalmente solidificada, coloque os mirtilos bem lavados num recipiente alto e, com a ajuda da varinha mágica, reduza-os a puré. Leve ao lume esse puré com um pouco de adoçante em pó (esta fruta é ligeiramente ácida) e deixe ferver. No caso de querer uma cobertura sólida, que não escorra, junte a folha de gelatina (previamente amolecida) ou a saqueta de gelatina. Deixe arrefecer este preparado, com atenção para que não arrefeça demasiado e a gelatina solidifique! Verta por cima do preparado de queijo e refresque durante umas duas horas. Sirva bem fresco, acompanhado de alguns mirtilos!

Imagem

*Já fiz várias versões de cheesecake, incluindo a versão light da Bimby, com requeijão (é divinal!), e desta vez decidi, impulsivamente, juntar sumo de limão à base. Ficou delicioso, refrescante e o ácido do limão contrasta com o doce da cobertura, fica delicioso! Arrisquem que não se arrependerão!

Imagem

 

** No meu primeiro cheesecake, a cobertura não foi mais do que doce de frutos silvestres de compra… Foi na noite de passagem de ano de 2008 para 2009, e a verdade é que não sobrou! Decidi pela primeira vez utilizar gelatina na cobertura, para não “escorrer”, mas tenho que admitir que não gostei… Creio, por um lado, que uma saqueta de gelatina é demasiado para a quantidade de mirtilos (parecia uma goma), e por outro, senti falta do “molho”, que escorre e em que podemos “mergulhar” a fatia inteira de cheesecake, ah ah ah! Experimentem uma vez esta versão e decidam por vocês!

Imagem