“Nem só de pão vive o Homem” I

 

Nova rubrica, dedicada à descoberta de novos locais, pequenos segredos de Madrid e muitas, muitas fotografias!Imagem

Claro, há quem (como eu) devore livros!!!! Adoro ir à Feira do Livro de Lisboa! Percorrer todas as bancas, em busca de algum livro em especial, ou simplesmente descobrir as novidades. Não gosto de saber de antemão quem serão os autores a autografar livros, e por vezes as surpresas são boas! Hoje por acaso vi quem era uma das autoras que ia estar presente na Feria del Libro de Madrid, e lá fui eu… Claro, também com a curiosidade aguçada para ver como seria a Feira do Livro da capital vizinha!!!

DSCF3820

E cá está ela! Aliás, cá estamos nós!!! Sandra Mangas, autora do blog de bolos e sobremesas mais deliciosas de toda a Espanha: La Receta de La Felicidad, já aqui referido (e aqui) muitas vezes. Os livros devem ser deliciosos, e estão oficialmente na wish list para 05-05-2015!!!!!

DSCF3796

DSCF3798

Pequenos pormenores que me encantam… Este casal estava a escrever poemas de improviso, com uma máquina de escrever!!! Para além de ser uma relíquia (a máquina), não tenho palavras para descrever a capacidade de improviso. Quando lhes perguntei “pode mesmo ser um tema qualquer?” (pois ela estava a escrever um poema sobre o “Mar”), responderam-me que anteriormente lhes haviam pedido poemas sobre Radiologia e Medicina Nuclear, pelo que Geologia “mola un monton!“. Conversa puxa conversa, e a palavra “Ordovícico” foi o delírio!!! Aqui fica a obra-prima, única!!!

Imagem1

 

Um pavilhão dedicado às crianças, possuía um decoração incrível, que adorei! Muitos eram os papás a ler histórias de encantar, com muitas aventuras e super-heróis!leer4

 

Um pavilhão da Samsung, dedicado às crianças, apresentava versões modernas das histórias de encantar… Ao contrário do seu slogan “As histórias são as de sempre, as crianças mudaram”, apresentavam versões dessas histórias mas com as personagens equipadas com telemóveis… Não, não fiquei fã! Vejam o exemplo da história da Capuchinho Vermelho!! niños

DSCF3810

 

Um outro pavilhão, da Real Casa da Moeda, apresenta uma das máquinas que criavam as pesetas! E provavelmente muito mais moedas, pois por 2€ poderíamos ter uma moeda cunhada diferente das pesetas.prensa2

A Feria del Libro realiza-se anualmente no maravilhoso Parque do Retiro ou Jardins do Bom Retiro de Madrid, um dos pulmões verdes da cidade, que esconde locais lindos! Talvez o mais famoso seja o lago, onde é possível andar de barquinho quando o bom tempo o permite, como esta tarde.

DSCF3830

Imagem2

O Palácio de Cristal é, pessoalmente, o edifício mais bonito e incrível de todo o Parque. Reaberto há relativamente pouco tempo, pode-se visitar diariamente, e por vezes alberga exposições temporárias.

DSCF3837

DSCF3835

No regresso a casa, a famosa Cuesta de Moyano (também já aqui referida) não deixa ninguém indiferente!DSCF3838

Anúncios

Parabéns, Sofia!

Se me pedissem que te fizesse um bolo de aniversário, não tenho dúvidas de que seria este! Com chocolate, claro, às camadas, e “obrigar-te-ia” a comer fruta, com a certeza de que não reclamarias (a quem quero enganar, sem dúvida de que dirias algo, renhéunhéu!).

Não deixes que a idade te incomode (caramba, és tão novinha!)! Já sabes que és uma mulher incrível, e repito, quando for grande, quero ser como tu! Obrigada por tudo, e para Julho fica mais que prometido este bolo! ❤

Donuts!

ImagemFelizmente são poucas as pessoas que se lembram da minha primeira tentativa de fazer Donuts… Só para terem uma ideia, foram carinhosamente apelidados de “almofadas para hemorróidas da Barbie”… Bem, o problema é que não fermentaram. Mas o sabor estava lá!!!! Bem, a semana passada a receita surgiu em dois dos melhores blogues espanhóis de doçaria: La Receta de la Felicidad & a minha querida Maria Lunarillos, da qual sou fã, quer do blog quer da loja! Recomendo vivamente, pois para além de receitas deliciosas tem imensas dicas e tutoriais passo a passo! Assim, decidi precisamente arriscar a receita desse site! Segui tudo passo a passo, excepto no que toca a amassar… Não deixei a massa repousar tanto tempo, como a Miriam sugere! Mas correu super bem. Sigam a receita passo a passo e não se arrependerão!

Imagem

 

Imagem

 

Gelado de Morango

Imagem

 

Apesar da semana aqui também estar sem sol, um gelado sabe sempre bem! Gostos não se discutem, mas sempre defendi que a fruta é boa ao natural! Gelado tem que ser de caramelho, natas, baunilha, chocolate!!!!!!! Mas este é a capa do livro da Linda Lomelino, e como o Mocho veio cá jantar, a Sara disse logo: MORANGO! Assim seja, vamos lá ver como sai…

A receita é super simples, e claro, correu muito bem! Ficou delicioso! Entretanto já cá tivemos outra pessoa a jantar e os elogios ao gelado mantiveram-se! Eu por mim faria um por dia, mas nem a economia o permite, nem o cinto apertaria! Fiz a receita a dobrar, porque já sei que a malta é bem gulosa! E reparem nesta simplicidade: comecem por refrescar e bater em chantilly 500ml de natas com mais de 30% de matéria gorda, sem açúcar! À parte, lavem muito bem 500g de morangos, partam-nos e juntem o sumo de meio limão; reduzam a puré com a varinha mágica e juntem 500ml de leite condensado. Juntem as duas misturas e ponham a refrescar.. Se tiverem máquina de gelados, são uns sortudos! Senão, sigam as dicas do primeiro gelado que fiz que não se arrependerão! Para evitar lavar loiça, façam estas taças!!!

Imagem

Imagem

Imagem

 

Nem a taça vai sobrar!!!!Imagem

 

Pequenas Grandes Ideias I

Imagem

 

Uma rubrica nova, que também se poderia chamar “O que raio vou fazer com os restos?!”… Bem, vou directa ao assunto. Não, não tirei nenhum curso de cozinha, mas a experiência às vezes é a melhor conselheira! Pois bem, aqui ficam duas pequenas ideias para reaproveitar esse resto de massa:

 

1. Taças para sobremesa… comestíveis!

Imagem

 

Para tal, basta esticar a massa e ter à mão algumas formas semelhantes às da fotografia!

 

2. Bolachas coloridas

Imagem

Experimentem misturar um pouco de corante em gel a esse resto de massa, e mesmo que não fiquei uma cor homogénea, poderão fazer pequenas bolachas divertidas! E porque não juntar mais que uma cor?

 

Et voilá! Juntando as duas ideias e uma bola de gelado, obtemos o (re)aproveitamento perfeito! E não sobra loiça para lavar!

Imagem

 

Declaro aberta a época do gelado!

ImagemEu tinha que experimentar! Eu tinha que experimentar algum dos gelados do meu livro novo!!!!!!! Que os meus amigos fofinhos me ofereceram nos anos!!!!!!!!!!!! Bem, mas como gosto de arriscar, decidi fazer não um, mas dois gelados!!! O pânico instala-se quando leio (com a ajuda de um tradutor desleixado, que o francês não é de todo, o meu forte) que é preciso uma máquina de gelado.. Mas algures numa das páginas iniciais vem a dica para quem, tal como eu, não tem máquina de gelado. Uma rápida pesquisa na blogosfera e eis que se confirma que a máquina de gelados é para meninos!!!! Assim, uma varinha mágica faz milagres, e o truque consiste em: pôr o gelado no congelador, e de 30 em 30 ou 45 em 45 minutos, passar a varinha mágica no gelado, para evitar a formação de muitos cristais de gelo e conservar a textura cremosa. Eu repeti este procedimento quatro vezes e ficou óptimo!

Quanto às receitas… Fiz a mesma base: bater 300ml de natas em chantilly, juntar 50g de leite em pó1 colher de extracto de baunilha ou 1 colher de sopa de açúcar baunilhado. À parte, levar à ebulição 100ml de leite (de preferência gordo) com 65g de açúcar1 pitada de sal. Deixar arrefecer um pouco e filtrar a mistura; juntar 2 gemas e misturar bem. Voltar a levar o preparado ao lume mexendo sempre, a fim de evitar que ferva. Deixar arrefecer e filtrar novamente; quando estiver totalmente frio, juntar ao preparado das natas. Se tiver máquina de gelados, coloque a mistura e siga o programa de acordo com as instruções, juntando por fim os maltesers semi-esmagados. Sem máquina de gelados, colocar a mistura numa taça no congelador e repetir quatro vezes o procedimento acima descrito. Ao fim da quarta passagem com a varinha mágica, dividir a mistura em duas taças (ou fazer a receita a dobrar, como eu); numa, juntar Maltesers (a gosto!) semi-esmagados; na outra, juntar amêndoas caramelizadas também semi-esmagadas e, se foram gulosos como eu, caramelo. Para o caramelo, segui a receita infalível da Joana do In The Mood For Sweets: amolecer 1 folha de gelatina em água; numa panela, levar 165ml de natas a ferver com as sementes de 1 vagem de baunilha ou 1 colher de sopa de açúcar baunilhado. À parte, levar 170g de açúcat ao lume até ficar de cor âmbar, momento em que se junta 100g de manteiga e as natas; por fim, a folha de gelatina. Deitar a mistura sobre um prato e levar a refrescar ao frigorífico; uma vez frio, deitar o caramelo num saco de pasteleiro e juntar ao gelado!

Levar os gelados ao congelador e deixar pelo menos 3h antes de servir. Bom apetite!!!!!

 

Gelado de Maltesers

Imagem

 

Gelado de Amêndoas & CarameloImagem

GAmendoa1

 

5-5 (I)

Imagem

 

“Cinco do cinco”. É assim, soa bem, soa a dia feliz, a bolo bonito, a presentes (sim, é verdade, lá no fundo todos gostamos!). Aqui há dias lia “Adoro fazer anos. É uma coisa muito minha e pareço uma criança, entusiasmada com qualquer detalhe.” – é verdade, tão verdade!! Mas este é também um dia para estar com as pessoas que mais amamos, receber os seus miminhos e sorrisos…

Pensei muito sobre como seria este ano, longe dos que mais gosto… Numa semana cheia de testes e apresentações… Bem, claro que as duas pessoas mais importantes estiveram presentes… E mesmo com 22 sinto-me pequenina com eles cá, rendo-me às peculiaridades de ser filha única (não digo isto com nenhum sentido negativo ou egoísta) e aproveito ao máximo a presença deles. No fundo, é a eles que devo tudo, é “culpa” deles que “o mundo neste dia”, como me disse um amigo, “ganhou uma nova cor”.Imagem

 

Incentivos para espreitar a caixa do correio foram mais que bem vindos! Sabem que adoro receber postais (o que hoje em dia já é raro), mas receber postais de aniversário é algo aiiiinda mais raro! Obrigada a tod@s. Mesmo. Vocês exageraram nos presentes, valha-me Deus!!!!!!!! Obrigada, obrigada, obrigada! Nem sei que mais vos diga, só posso prometer que vou dar uso a tudo brevemente e em terras lusas (ouuu em eventuais visitas vossas cá, ahah!).

“Crescer não é fácil”, uma frase que me lembro sempre de ouvir dos meus pais… Principalmente em momentos difíceis… É verdade; há sempre algo, por muito pequeno que seja, que aprendemos todos os dias. Há erros, por muito pequeninos que sejam, que se repetem, involuntariamente… Hábitos que ficam, rotinas que mudam… Pessoalmente e sem nunca o partilhar com ninguém, “cinco do cinco” é sempre, inevitavelmente, um dia de reflexão, de balanço…

A Faculdade é sem dúvida algo que marca e muda as nossas vidas. Conhecemos pessoas com o mesmo interesse que nós (“calhaus”), companheiros de todos os dias, mas onde alguns se tornam mais que isso. Tornam-se pessoas essenciais, de quem precisamos de saber todos os dias se estão bem, como vai o trabalhinho, ou a minha pergunta mais chata: “Novidades?”. A Faculdade (ou pelo menos para mim) ensina que a distância não é uma coisa má, mas muitas vezes é inevitável… e foi tema de uma conversa com a minha queria Inês na última visita a Estremoz. Olhando para um mapa-mundo, começamos a ver que os nossos amigos e pessoas de quem gostamos se vão tornando “pontinhos” por aí espalhados… Espanha, Fraça, Inglaterra, Omã, e quem sabe que outros destinos nos esperam! Mas aprendemos a ver o lado positivo: a possibilidade de conhecer novos lugares, novas pessoas, e a dar ainda mais valor ao (pouco) tempo que estamos com esses amigos!

 

Obrigada mais uma vez, por tudo. Obrigada por estarem à distância de um e-mail, obrigada por me ensinarem tanta coisa (mesmo sem se darem conta), obrigarem por equiparem a minha futura pastelaria (^^)… Obrigada por me fazerem crescer!  Obrigada por tudo ❤

 

ImagemImagemImagem

Imagem

Olá Maio

Imagem

Olá Maio! Olá ao SOL, aos vestidos, às Paez, à fruta colorida, ao calor, aos dias maiores, aos gelados, aos passeios por esta cidade linda! Olá Maio, olá às flores, à vontade de sorrir, de dançar, de cantar! Olá Maio, fica e não te vás… Imagem

ImagemImagemImagem

ImagemReceita? A de sempre! Cobertura? Chantilly & Morangos!Imagem