Celebrar o amor

DespedidaSilvia (4)

Já vos comentei no post anterior que para mim o amor pode ter muitas formas e feitios, importante é celebrá-lo. Quis o destino que tivéssemos de planear duas despedidas de solteira de seguida, e foi um desafio garantir que cada uma delas tivesse a sua própria identidade 🙂 E foi assim que, numa (não muito) quente tarde de Agosto, seis amigas celebraram o amor e a amizade, pois “a Sílvia vai casar e nós vamos festejar!”.

DespedidaSilvia (15)

Isto levou-me a uma breve pesquisa sobre as origens desta celebração, que como seria de esperar, remontam à Grécia Antiga e às festas em honra a Baco, deus grego da folia (e do vinho, eu sei, eu sei…). Outras fontes relacionam esta festa com as celebrações do equinócio da Primavera, tão associada à festa da fertilidade. Uma outra fonte remonta a uma história de amor alemã durante a Idade Média, onde um jovem muito pobre, não podendo pagar o dote de sua amada, foi rejeitado pela rica família da noiva. O amor do casal era tão grande que os seus amigos, ao saberem da situação, decidiram celebraram o seu amor, numa grande festa. Conseguiram reunir, na sua humilde casa, móveis, utensílios e outros objectos básicos necessários para poder viverem dignamente. Esta festa deu origem, mais tarde, às despedidas de solteiro. Hoje em dia, esta é uma oportunidade para celebrar com os amigos a entrada numa nova etapa na vida. Deixo-vos com as bonitas fotografias da Sofia desta celebração do amor! ❤

DespedidaSilvia (24)

DespedidaSilvia (33)

DespedidaSilvia (23)

DespedidaSilvia (28)

blog

DespedidaSilvia (20)

DespedidaSilvia (21)

DespedidaSilvia (11)

DespedidaSilvia (91)

DespedidaSilvia (111)

Anúncios