Bem-vinda Inês!/ Welcome Inês!

IMG_2759-2

[PT] Se há coisa que me deixa de coração amolecido são pessoas que me abrem a porta de casa e dizem “mi casa es tu casa” – principalmente quando acrescentam a seguir “a cozinha é toda tua!”. Assim começou o babyshower da Inês – ou deverei dizer da Sandra, a futura mamã!

[EN] If there’s one thing that makes my heart softened is people who open their houses and say “mi casa es tu casa” – especially when added “the kitchen is all yours.” Thus began Inês’ babyshower – or should I say Sandra’s, the future mom!

Around the Table Workshop

IMG_3633

A primeira semana de Maio foi inesquecível. É certo que já lá vai mais de um mês, mas não me canso de olhar para estas fotografias e desejar voltar! Quando vi no Instagram da Marta e da Sanda a o anúncio do workshop, pensei: “Tenho que ir!!! Ainda por cima é na semana do meu aniversário!!!”. E assim foi! Tive a oportunidade de conhecer 9 mulheres incríveis (para além das 3 por trás da organização, bem como o Filipe), aprender imensas técnicas de fotografia e edição, comer pratos deliciosos e estar num local lindo! Confesso que a história de cada uma delas me tocou particularmente, pois nenhuma começou a sua vida nesta área, mas por diversos motivos são agora felizes e bem sucedidas por trás da câmara! Espreitem o trabalho de cada uma delas, vale bem a pena: Sini, Jonna, AnnaMarina, Lisa, Simone, Pilar, Giulia e a minha colega de quarto (que fez anos no dia antes de mim, eh eh!) Mina.

E porque uma imagem vale mais que mil palavras, aqui fica um cheirinho desta semana incrível!

The first week of May was unforgettable. It has already passed more than a month, but I do not get tired of looking at these photos and wishing to return! When I saw on the Instagram of Marta and Sanda the announcement of the workshop, I thought, “I have to go!!! Besides, it is on the week of my birthday!!!”. And so it was! I had the opportunity to meet 9 amazing women (in addition to the 3 behind the organization, as well as Filipe), learn a lot about photography techniques and editing, eat delicious dishes and to be in such a beautiful place! I confess that the story of each one of the girls touched me particularly, because no one began her life in this area, but for various reasons they are now happy and successful behind the camera! Take a look at the work of each one of them, it will worth it: Sini, Jonna, Anna, Marina, Lisa, Simone, Pilar, Giulia and my roomy (which birthday is the day before mine, eh eh!) Mina.

And because a picture worths more than a thousand words, here is a taste of this amazing week!

IMG_3448

A Erica vai dar o Nó!/ Erica’s Bachelorette

DSErica (27)

Quando a Sofia me liga em horário laboral, é porque é deveras importante. Mas nunca pensei que fosse para me propôr a organização de uma despedida de solteira!! Senti-me feliz, muito feliz, mas nervosa, hiper nervosa! Que responsabilidade! Ao mesmo tempo abracei de imediato o desafio. “Fala com a Filipa, ela é que está a organizar o dia todo, eu só me lembrei de ti para organizares a parte do almoço”. Encontrei-me com a Filipa um par de dias mais tarde; em 4 frases tinha todas as recomendações: 1) a noiva [ok, é de facto uma grande ajuda conhecê-la] gosta de cor-de-rosa (YES!); 2) a noiva não gosta de cogumelos, mas adora queijo de cabra; 3) há uma grávida; 4) há uma vegetariana. Dormi sobre o assunto e, voilá – 45min, 1 folha e 1 caneta – nasceu o esboço deste dia mágico!

When Sofia calls me during working hours, it means it is extremely important. But I never thought she would proposed me to organize a bachelorette party!! I was happy, very happy, but nervous, hyper nervous! What a responsibility! At the same time, I immediately embraced the challenge. “Have a talk with Filipa, she is planning all day, I just remembered you to do the lunch.” I was with Filipa a couple of days later; in 4 sentences I had all the recommendations: 1) the bride [ok, it is indeed a great help to know her] likes pink (YES!); 2) the bride does not like mushrooms, but she loves goat cheese; 3) there is a pregnant one; 4) there is a vegetarian. I slept on it and voilà – 45min, 1 sheet and 1 pen – the draft of this magical day was born!

DSErica (26)

colagem1

Vivicas

IMG_4874

Bem, depois do aniversário do Romeu, o evento mais importante é… o aniversário da mana! A Sofia desta vez foi muito clara: “como sabes, a minha vida está o caos – mi cocina es tu cocina, faz o que bem te der na gana, seremos n pessoas.” Yes sir! Aqui ficam algumas fotografias lindas (da mamã Sofia, claro!).

Well, after the Romeu’s birthday, the most important event untill the end of the year is her sister anniversary! Sofia this time it was very clear: “as you know, my life is chaotic – mi cocina es tu cocina, do whatever you want, we will be n people.” Yes sir! Here are some beautiful pictures (from mum Sofia, of course).

Os 2 do Romeu/ Romeu’s 2nd Birthday

IMG_2645

Não sei o que é ser tia, mas imagino que a sensação seja mais ou menos esta. Ouvir a mãe refilar sobre a energia sem fim destas pestes, as noites (ainda) mal dormidas, o facto das crianças estarem seeeempre doentes, fazerem asneiras, mas mesmo assim sorrir embevecidamente. Adorá-los, sem saber explicar o porquê. Recordar o dia em que a mais velha nasceu e jamais me perdoar pela ausência no dia em que o pequenito veio ao mundo. É saltar da cama às 8 e pouco da manhã cheia de energia para brincar com eles, mais a “tia” Cristiana, e deixar os pais na ronha. Este poderia ser um post ao nível da Ties, seismaisdois, Grace, Violeta cor-de-rosa, Caco mãe, mas nos próximos anos este blog será exclusivamente dedicado às artes culinárias 😛 (ser tia também é conhecer estes sites e tentar acompanhá-los ao dia, eh eh eh!).

I do not know what it is to be an aunt, but I imagine that the feeling is something like this. Listen the mother cranky about the endless energy of these childs, nights (yet) sleepless, the fact that children are alwaaaaaays sick, make blunders, but still smiling with so much love. Love them, not knowing explain why. Remember the day when the eldest was born and never forgive myself for the absence on the day tthat he little one came into the world. Jump out of my bed at 8am with lot’s of energy to play with them, with “aunt” Cristiana, and leave parents laziness. This could be a post at the level of Ties, seismaisdois, Grace, Violeta cor-de-rosa, Caco mãe, but in the coming years this blog is exclusively dedicated to the culinary arts 😛  (be an aunt is also knowing these sites and try to accompany them to day, eh eh eh!).

IMG_2847

O sunset da Inês/ Inês’ sunset

IMG_2082

A amizade é a força que faz mover o mundo. Não é o amor, não, porque também este precisa de uma amizade sólida por trás. São os amigos, a família que escolhemos, aquel@s que estão lá sempre, que nos apoiam no mather what, que nos incentivam a fazer loucuras, daquelas boas e saudáveis! [Neste momento sou obrigada a fazer um grande parênteses – falo muitas vezes dos meus amigos, mas também adoro a minha família, que é maravilhosa, grande e unida, uma força e apoio incondicional! Nem imaginam como fico de coração cheio cada vez que oiço alguém dizer que adorava ter uns pais como os meus! ❤ ].

Friendship is the force that moves the world. It is not love, no, because love also needs a solid friendship behind. Are the friends, the family we choose, those who are always there to support us no mather what, which encourage us to do crazy things, those good and healthy! [At this point I have to make a big parentheses – I often speak of my friends, but I also love my family, which is wonderful, great and united, strength and unconditional support! You cannot imagine how my heart feels every time I hear someone say that would loved to have parents like mine! ❤ ].

Este é um post sobre gratidão/ This is a post about gratitude

5

Escrevo este post uma semana mais tarde do que aquilo que previ. A vida deu mais uma volta, mas finalmente está a entrar nos eixos. Está a assentar. E muitas são as pessoas a quem tenho que agradecer todo o apoio dos últimos meses (e quiçá agradecer também à divina providência…).

I write this post a week later than what I predicted. Life took another twist, but finally is into place. And there are many the people to whom I have to thank all the support for the past few months (and perhaps also thanks to divine providence …).

6

A experiência em Estremoz não podia ter corrido melhor. Mas melhor ainda foi trabalhar com pessoas maravilhosas, algumas das quais amigas de longa data 🙂 Pessoas de coração gigante, generoso e compreensivo, quando anunciei a minha partida, pouco depois de chegar. A essas pessoas incríveis só posso deixar um agradecimento gigante e sincero! Obrigada pela oportunidade, pela experiência, pelo convívio, por tudo, tudo! E o meu obrigada às pessoas do lado de “cá”, que sempre me apoiam em tudo, incondicionalmente. É agora tempo de agarrar uma oportunidade única na vida. Altura de conhecer pessoas novas e lidar com desafios muito grandes. Uma semana depois de iniciar esta aventura, o balanço não podia ser mais positivo! Obrigada, do fundo do coração, a todos!

My experience in Estremoz couldn’t have gone better. But the best was working with wonderful people, some of them longtime friends 🙂 People with giant, generous and understandings’ hearts, when I announced my departure, shortly after arriving. To these amazing people I can only leave a huge and sincere thank you! Thanks for the opportunity, the experience, the living together, thank you for everything! And my acknowledgment to the people on the “other side”, who always support me, unconditionally. It is now time to grab a unique opportunity in life. Time to meet new people and handle with huge challenges. A week after starting this adventure, the balance could not be more positive! Thank you, from the bottom of my heart, to all of you!

4

Esta receita é da minha total responsabilidade, eh eh eh! Mas peço-vos ajuda para a melhorar! Sim, adivinhem quem são os ingredientes estrela??? Amêndoas e figos!!! Ora bem, na minha primeira semana de trabalho, pela Costa Vicentina (Biologia & Geologia no Verão), uma das nossas perdições (para além do Pão do Rogil) é o “bolo 3 delícias” do Algarve. Após uma breve pesquisa pela web, não descobri nenhuma receita que me satisfizesse… Além disso queria as 3 camadinhas separadas… Diz-me a Sofia: inventa! Pois bem, cá fica**!

CAMADA DE AMÊNDOAS: bater muito bem 50g de manteiga, 2 ovos e 1 chávena de açúcar; misturar 1 1/2 cháv. de farinha de amêndoa, 1/2 chav. de farinha de trigo (opcional) e 1 chávena de amêndoas partidas. Levar ao forno (175ºC) cerca de 10 min. Deixar arrefecer completamente.

CAMADA DE ALFARROBA: bater muito bem 50g de manteiga, 2 ovos e 1 chávena de açúcar; misturar 1 cháv. de farinha de trigo, 1/2 chav. de farinha de amêndoas e 5 c.sopa de farinha de alfarroba. Levar ao forno (175ºC) cerca de 10 min. Deixar arrefecer completamente.

CAMADA DE FIGOS: bater muito bem 40g de manteiga e 1 chávena de açúcar; misturar ~1/2kg de figos triturados com a varinha mágica e 1 cháv. de farinha de trigo. Levar ao forno (175ºC) cerca de 15 min. Deixar arrefecer completamente (eu usei figos frescos, porque me foram oferecidos, mas creio que as receitas originais usam figos secos; no caso de optarem pelos secos, deixem-nos de molho um par de horas antes e reduzam a quantidade de açúcar, ou completamente).

Quando estiver completamente frio, polvilhem com cacau amargo, amêndoas laminadas e sirvam!

2

This recipe is my entire responsibility, eh eh eh! But I ask you help to improve it! Yeah, guess who are the star ingredients??? Almonds and figs!!! Well, in my first week of work, at Costa Vicentina (Biology & Geology in summer), one of our perditions (apart from Pão do Rogil) is the “cake three delights” of Algarve. After a brief search the web, I wasn’t satisfied with any recipe that I found… Besides, I wanted the 3 separate layers… So, Sofia told me: invent! Well, here it is**!

ALMOND LAYER: mix very well 50g butter, 2 eggs and 1 cup sugar; mix 1 1/2 cups of almond flour, 1/2 cup of wheat flour (optional) and 1 cup of almonds. Put in the oven (175°C) for about 10 min. Let it cool completely.

CAROB LAYER: mix very well 50g butter, 2 eggs and 1 cup sugar; mix 1 cup of wheat, 1/2 cup of almond flour and 5 tsp of carob flour. Put in the oven (175°C) for about 10 min. Let it cool completely.

FIGS LAYER: mix very well 40g butter, and 1 cup sugar; mix 1/2kg of puree of fresh figs and 1 cup of wheat flour. Put in the oven (175°C) for about 15 min. Let it cool completely. (I used fresh figs, because a friend offered me, but I think the original recipe use dried figs; if you decide to use the dry ones, let them rest covered with water for a couple of hours before and reduce the amount of sugar, or completely).

When completely cold, sprinkle with bitter cocoa, flaked almonds and serve!

1

**O bolo da fotografia corresponde a meia receita!!/ The cake on the photo is only half of the recipe!

Estremoz

Amoras1

Nem quero ver a data do último post… já lá vai mais de um mês… desde já as minhas desculpas! A vida decidiu que os meus planos não iam seguir o curso que eu tinha planeado. Sim, eu sou daquelas pessoas que gosta de ter “tudo” sob controle, de preferência já até dia 31 de dezembro… Mas (felizmente, dirão alguns) há sempre “terceiros” que trazem uma onda de mudança. O que nem sempre é mau. E se for menos bom, cá estamos para aprender e dar a volta à situação!

I cannot even take a look to the date of the last post… it has already past more than a month… my apologies! Life decided that my plans were not going to follow the course that I had planned. Yes, I am one of those people who likes to have “everything” under control, preferably everything planned ‘till December 31… but (fortunately, some might say) there are always people who bring a wave of change. What it is not always bad. And if it is less good, we’re here to learn and give “a twist” to the situation!

 1

3

4

6

Estou (definitivamente) de volta a este meu país que eu gosto tanto (não o escondo, nunca o escondi) … das pessoas, de ouvir a língua que aprendi desde pequena, de ver e estar com os meus, mas acima de tudo de ter à disposição a melhor comida do mundo!!! Trocar a capital do país vizinho pela pacata cidade de Estremoz não foi difícil, principalmente quando sabemos que temos pessoas sorridentes felizes por nos ter cá. E, trabalho à parte, a comida é… puafff, podia ocupar o resto da publicação com muitos adjectivos, mas vou optar por valorizar a facilidade com que é possível comprar produtos frescos, biológicos, a pessoas simpáticas que já sabem o nosso nome e o que mais gostamos. E quando escrevo biológicos refiro-me às pessoas que têm um quintal ou uma hortinha e todos os dias põem à nossa disposição esses frutos e vegetais. Ontem de manhã quando fui ao mercado e perguntei por amoras (lindíssimas, baratíssimas, fresquíssimas!), a senhora responde-me: “Olhe só à tarde, o sr. disse que ia agora apanhá-las!” – poderei eu pedir mais que isto??? (Voltarei às amoras daqui a nada)

 I’m (finally) back to my country that I love so much (I do not hide that, I’ve never hid)… the people, the possibility to hear the language I learned from an early age, the possibility to see and to be with “my people”, but most of all, the possibility  to have the best food in the world!!! Move from the capital of the neighbor country to the quiet town of Estremoz wasn’t difficult, especially when we know we have happy smiling people waiting for us here. And work aside, the food is … puafff, I could occupy the rest of the publication with many adjectives, but I choose to value how easily you can buy fresh, organic produce, the friendliest people that already know our names and what products we prefer. And when I write biological products, I meant to people who have a vegetable garden and every day put at our disposal these fruits and vegetables. Yesterday morning, when I went to the local market and asked for blueberries (gorgeous, extremely cheap, super fresh!!!!), the lady answer me: “Please come back in the afternoon, the man who brings me them said he was going now catch them! “- can I ask for more??? (I will return to the blackberries soon)

2

5

7melhor

E o convite? Já ouviram falar da chuva de meteoros que se aproxima? Espreitem aqui. Se estiverem de férias pelo Alentejo, em particular se andarem pelos lados de Estremoz, digam qualquer coisa 🙂 Estamos a organizar-nos para irmos ver esta maravilha, uma noite destas! ;D

And what about the invitation? Have you heard about the Perseid meteor shower? Take a look here. If you are on vacations through Alentejo, particularly if you’re close to Estremoz, leave a comment 🙂 We are organizing ourselves to go see this great event, some night of the current week! ;D

Amoras4

Ora vamos lá à nossa receita, uma sobremesa versão pequeno-almoço, onde estas deliciosas amoras são as protagonistas!

CRUMBLE DE AMORAS PARA O PEQUENO-ALMOÇO

Serve 4

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Começamos por lavar muito bem cerca de 1/2kg de amoras, escorrendo a maior quantidade de água, e dispomos no fundo de um tabuleiro que possa ir ao forno; por cima, pomos algumas raspas de casca de limão, e os mais gulosos podem acrescentar um pouco de açúcar ou um fio de mel. À parte misturamos cerca de 1 1/2 chávenas de aveia com 1/2 chávena de mel (pode ajudar aquecer o mel alguns segundos no micro-ondas, para torná-lo mais fluido) e, se quiserem, alguns frutos secos e/ou especiarias (para mim, canela, por excelência!). Cobrir ar amoras com esta mistura e levar tudo ao forno cerca de 20min ou até a aveia estar douradinha. Servir morno com iogurte grego. Bom apetite. Espero ver-vos por cá em breve!!

 Amoras6 BW

Now let’s go to our recipe, a “dessert breakfast version” where these delicious blackberries are the protagonists!

BLACKBERRIES CRUMBLE FOR BREAKFAST

Serves 4

Preheat the oven to 180ºC. Start by wash about 1/2 kg of blueberries and cover the bottom of a pan that can go in the oven; on top, put some lemon zest, and if you’re a little gluttonous add some sugar or honey. In a separated bowl, mix about 1 1/2 cups of oatmeal with 1/2 cup of honey (you can warm the honey a few seconds in the microwave to make it more fluid) and, if you want, add some dried fruit and/ or spices (for me, cinnamon!). Cover the blackberries with this mixture and take it all in the oven for about 20 minutes or until oats become golden. Serve warm with greek yogurt. Enjoy your meal. I hope to see you around here soon!!

Amoras8b

Ode ao Verão!/ Ode to Summer!

1

Para mim, há duas frutas muito sazonais, que deveriam existir todo o ano – as romãs e os figos. São as melhores frutas do ano!!!! Como sabem, o verão não é, de longe, a minha estação do ano favorita… demasiado calor não combina comigo. Mas felizmente a natureza compensa-me com estas pequenas maravilhas!! Uma receita muito simples, uma ode ao verão!

For me, there are two very seasonal fruits, which should exist throughout the year – pomegranates and figs. They are the best fruits of the year!!!! As you know, summer is not, by far, my favorite season… too much heat does not suit me. But fortunately, nature compensates me with these little wonders!! An easy recipe, an ode to summer!

Nem só de pão vive o Homem VI/ Man does not live by bread alone*

Aa

Longe de Lisboa, pensei que iria passar meses sem pôr um pé no Lx Factory – até que, em Maio, descobri um mercado mensal, o Mercado de Motores. Realiza-se no Museo del Ferrocarril (à semelhança dos “nossos” mercadinhos no Museu da Carris) e vale bem a pena visitá-lo! Se vierem a Madrid, não deixem de passar por aqui (verifiquem antes na página do Facebook quando se realiza, é apenas um fim-de-semana por mês!)!!!

Far from Lisbon, I thought that I would be months without putting my feet in Lx Factory – until, in May, I’ve found a monthly marker, Mercado de Motores. It takes place in Museo del Ferrocarril, and if you are going to visit Madrid soon, you must visit it (check the days in their Facebook, it only takes place one weekend per month!) 🙂

*Despite it’s the first time I wrote the title in english, you should already noticed that this is a rubric that I use to share some photos of the places I visit 🙂 You have previously: Zaragoza, Castilla y León, Madrid II, Summer 2014 (includes Lisbon, Algarve, Drave and pilgrimage route to Santiago), Caixa Forum Museum (Madrid) and Buen Retiro’s Garden (Madrid). 
1

2

3

banca9c

comboio1

comboio2

banca colagem

banca4

banca5

banca6

banca7

banca9

banca colagem 2

banca9b

comboio3

comboio4

comboio5

comboio6

comboio8

comboio9

comboio9a

comboio9b

lampadas2