A Quinta do Arneiro

Mafra gajas (28)

Não sei se conhecem a Quinta do Arneiro mas aposto que, em caso negativo, pelo menos já ouviram falar. Este projecto (re)nasce de uma herança familiar e da grande força de vontade da Luísa. Hectares de terreno dedicados à pêra rocha vão sendo, a pouco e pouco, convertidos numa grande horta biológica (e de acolhimento – afinal, muitos dos trabalhadores são nepaleses). E tem dado frutos. E tem crescido. Podem ler um pouco da história da Quinta e da Luísa aqui (e nos links anteriores), mas nada substitui uma visita à Quinta e uma conversa com a própria. Ela faz questão de conhecer e conversar com os visitantes, e sente-se simultaneamente a sua paixão e orgulho neste grande projecto de vida.

Fui almoçar com algumas amigas à Quinta no passado dia 5 de Outubro, e como daí resultaram uma fotografias tão bonitas (pela lente da Sofia), achei que deveria partilhar convosco esta visita 🙂

Imagem2

Uma visita à Quinta não fica completa sem uma refeição no restaurante (convém marcar com alguma antecedência) 🙂 Confesso-vos aqui, que ninguém nos ouve, que este restaurante é exactamente aquilo com que sempre sonhei. Todos os produtos utilizados são cultivados na Quinta. Cabe ao Chef, diariamente, imaginar e criar um menu, com os produtos da época. Mas não é um menu qualquer – inclui entrada, sopa, salada, prato principal e sobremesa!!!! É um regresso às origens que em tudo me fascina. Não há qualquer desperdício. Tudo é aproveitado. Há um respeito pelos ritmos da natureza, pelo produto que nos chega às mãos, rico em sabor e qualidade, rico em saúde! Já tive a oportunidade de visitar duas vezes a Quinta: no “pico” do verão e agora, no início do Outono. Não podia ter saboreado dois menus mais distintos, mas igualmente deliciosos. Quero muito voltar lá no Inverno, onde seguramente saborearei pratos aconchegantes, tanto para o estômago como para a alma. Não poderia deixar de referir o encanto da sala de refeições com uma ampla vista para a cozinha. Adoro quando tenho a oportunidade de ver os cozinheiros em acção, onde não há barreiras nem segredos para o cliente. Delicio-me simplesmente a ver o “caos calmo” que é uma cozinha, onde cada pessoa que ali trabalha se esmera para nos dar o melhor prato, apelando aos nossos cinco sentidos: é certo que os olhos também comem, mas também o olfacto, audição e tacto são postos à prova!

Mafra gajas (5)

Mafra gajas (6)

Na nossa visita, a sopa consistia num creme de abóbora e gengibre, com sementes de abóbora torradas (nada se desperdiça!) e manjericão.

Mafra gajas (9)

Mafra gajas (8)

A salada consistia numa rica combinação de rúcula, pickles de beterraba, pêra rocha & figos assados no forno e nozes. Deliciosa!

Mafra gajas (12)

Mafra gajas (14)

O prato de carne consistia em vitela selada, batata doce assada, ruibarbo e um aconchegante molho de amendoim.

Mafra gajas (15)

Quanto ao prato vegetariano, o rei da nossa refeição, incluía polenta, cogumelos shitake, beringela assada, molho de caju e avelãs torradas, acompanhado por uma salada verde.

Mafra gajas (17)

Para sobremesa tínhamos uma escolha difícil: pêra rocha assada no forno vs bolo de beterraba & chocolate com iogurte & mel. A solução? Pedir ambos e partilhas!

Mafra gajas (25)

Mafra gajas (26)

A refeição não fica completa sem uma visita à Quinta, onde podemos ver onde nascem e crescem todas as matérias-primas dos deliciosos pratos que comemos.

Mafra gajas (18)

Imagem1

Mafra gajas (36)

Mafra gajas (1)

Não deixem de visitar a Quinta e almoçar no restaurante, quando foram passear para a zona Oeste. Este não é um post patrocinado, mas sim a minha sincera opinião (e recomendação) 😉

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s