“Carquiñoles”

4Amêndoas. Uma perdição, já sabem. Já vos aconteceu fazerem uma receita e sentirem que estão a “viajar no tempo”, de volta à infância, transportados por um sabor? Lembro-me quando ia à já extinta Feira Nova às compras, e comprávamos um pacote de Rosegones para comer no carro. Pois a primeira “trinca” transportou-me de volta à Feira Nova e aos meus tempos de menina 🙂 Juro-vos que sabe tal e qual!

Almonds. My temptation, you know. Have you ever make a recipe and feel that it has the capacity to “time travel” you back to childhood, carried by a taste? I remember when I went to the now extint supermarket Feira Nova and my parents bought a package of Rosegones to eat in the car. In my first “crack” I was transported back to Feira Nova and to my childhood 🙂 I swear to you that it tastes exactly the same!

7

Sempre lhes ouvi chamar “biscotti”, mas parece que por Espanha lhes chama “carquiñoles”. Para cerca de 20:

– 180g de farinha

– 2 ovos

– 90g de açúcar

– 1 c.sopa de raspa de casca de limão

– 90g de amêndoas inteiras (ou outro fruto seco, ou mistura de frutos secos!)

– fermento q.b. (eu repeti 3x a receita; na última massa não juntei fermento e as bolachas ficaram mais baixinhas, como se quer!)

Pré-aquecer o forno a 175ºC e forrar uma forma de bolo inglês com papel vegetal (é mais fácil de desenformar). Numa taça funda colocar a farinha e abrir um buraco no meio, onde se juntam os outros ingredientes; amassar bem até ficar homogéneo (usei as mãos, estão à vontade para usar um robot de cozinha) e por fim juntar as amêndoas. Levar o preparado a cozer na forma cerca de 15min; sem desligar o forno, colocar o “bolo” em cima de uma tábua, deixar arrefecer ligeiramente e com uma faca afiada cortar fatias da grossura desejada. Levar as fatias novamente ao forno, deitadas num tabuleiro. Deixar corar cerca de 5min ou até adquirirem a cor desejada! Deixem arrefecer bem e sirvam com chá ou um belo café.

Nota: As bolachinhas ficam muito duras, não quero que ninguém peça indemnizações dentárias!!!!

Adaptado de: “Postres 100% nuestros”

6

I always heard them called “biscotti”, but it seems that in Spain they call them “carquiñoles”. Makes about 20:

– 180g flour

– 2 eggs

– 90g sugar 

– 1tbsp lemon peel zest

– 90g of almonds (or other dried fruit, nuts or mixture!)

– Yeast (I repeated the recipe 3 time, with the last mass without yeast – the biscuits were more stunted as we want!)

Preheat oven to 175°C and line a form of pound cake with parchment paper (it’s easier to unmold). In a bowl place the flour and make hole in the middle, joining the other ingredients; mix well until smooth (I used hands, but feel free to use a food processor) and finally add the almonds. Take the prepared baking as about 15min; without turning off the oven, put the “cake” on a board, let cool slightly and with a sharp knife cut slices of the desired thickness. Take the slices back in the oven, lying on a tray. Leave them for about 5min or until they acquire the desired color! Let cool well and serve with tea or a beautiful coffee.

Note: The cookies are very tough, I do not want anyone ask for dental compensation!!!!

Adapted from: “Postres 100% nuestros”

1

 

 

Anúncios

One thought on ““Carquiñoles”

  1. Uhm…estas não me convencem. Nunca fui grande fã de coisas com amêndoa. Eu sou mais avelãs, nozes e pistachios! Mas marchavam, claro. Então, falta um mês e 3 dias para a minha aterragem. É bom que te comeces a organizar porque eu estou a precisar de muito mimo gastronómico.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s