Happy Cookies & Cakes

HMK

Não há Geólogo que não goste de uma boa refeição! Por muito que gostemos de estar em campo, levar uma sandocha e um suminho, mal regressamos à “civilização” vamos logo procurar uma jola e um petisco (bem, eu dispenso a jola, como bem sabem). Pois é, sou (quase) Geóloga mas desde sempre que gosto de cozinhar. Principalmente no Natal e Páscoa, adorava ajudar a minha mãe na cozinha. Quando era pequena, lembro-me que adorava ir com a minha mãe comprar massa de pão crua e levedada, chegar a casa, fazer molho de tomate, cortar uns cogumelos com cuidado, fiambre, queijo ralado e aguardar ansiosamente à frente do forno por uma pizza maravilhosa (curiosa esta ASAE… lembro-me de comprarmos muitas vezes “carcaças” cruas nos supermercados e algumas pastelarias, vendia-se muito massa crua para fazermos, por exemplo, pizzas em casa… agora é proibido). Com uns aninhos mais, os bolos de aniversário da família começaram a ficar por minha conta, algumas das sobremesas… No verão, com as férias e sem “nada para fazer”, preparava alguns dos jantares, sempre com o cuidado de dispor a comida no prato com algum sentido, tentando imitar os chefs que conseguem tornar um simples prato de bife com batatas fritas e ovo a cavalo numa verdadeira obra de arte. Mas a minha predilecção sempre foi a parte da doçaria (e honestamente aquela que sempre me saiu melhor). Sem querer fazer publicidade a nenhuma marca (não me pagam para isso e, neste caso, passa-se exactamente o contrário!), a chegada da Bimby mudou a minha cozinha. Sou muito gulosa por bolachas, mas só tinha feito bolachas em casa no máximo duas vezes, pois a minha mãe passava-se: o processo de amassar, no meu/ nosso caso, implicava farinha voadora pela casa toda!! Pois é, com a Bimby o processo de amassar ficou muito facilitado! Comecei a experimentar algumas receitas simples de bolos, bolachas e sobremesas e a levar como sobremesa para a Faculdade (creio que as areias foram as primeiras de todas). As críticas eram sempre positivas, mesmo que pessoalmente não gostasse do aspecto (99% das vezes, embora o sabor fosse bom). Por vezes o problema residia na textura… Muito duro, muito esfarelado, muito cru, demasiado esturricado… Sim, sou muito crítica comigo própria! Ultimamente o mundo culinário tem-me deixado mais completa e feliz que a Geologia… Continuo a contribuir activamente para os aniversários de família e agora, cada vez mais, de alguns amigos; por sorte já consegui vender algumas das minhas bolachinhas e nesse mesmo dia depositaram em mim um grande voto de confiança: fazer 2kg de bolachas para a casa da noiva, antes do grande casamento! Tenho de deixar aqui um enorme agradecimento às duas senhoras que o possibilitaram!!!

Neste momento estou em Erasmus, em Madrid, a terminar a minha licenciatura. Os meus maiores críticos gastronómicos ficaram em Lisboa e Estremoz, e agora só podem “comer com os olhos”. Mas não consigo estar parada, e como tal todos os sábados faço algo para todos cá em casa (impus esta regra a mim mesma, só aos sábados; comigo vivem a minha colega, um professor de espanhol, um engenheiro aeroespacial e um advogado) – e a recepção tem sido muito positiva, as críticas idem!

Espero igualmente que este blog tenha uma boa recepção, provavelmente no início só para os amigos mais próximos, mas quem sabe se neste momento não estará alguém a ler que não faça a mínima ideia de quem sou! Podem-se rir com os desastres culinários, experimentar as receitas (faço sempre algumas pequenas alterações e dou sempre alguns truques), ler algumas curiosidades… Se quiserem encomendar alguma coisa, nada me deixaria mais feliz! Mas neste momento não garanto que os envios de Madrid para Portugal corram muito bem!!

Sugestões, dúvidas, críticas – escrevam-me! Terei todo o gosto em ler!

Anúncios

One thought on “Happy Cookies & Cakes

  1. “sou (quase) Geóloga”…depreendo que o quase se deva ao facto de não gostares de “jola” (já agora, acho uma ofensa este nome para a cerveja…)

    e se os espanhóis não te derem o devido valor, volta para cozinhares para nós que sempre daremos!! (btw, hoje vislumbrei os dígitos 55 na dita cuja…preciso de ti para repores as calorias perdidas com a amamentação!)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s